Assessor do TJ é preso tentando extorquir R$ 800 mil de empresário

(19h45) – O presidente da Associação dos Criadores do Maranhão e advogado, Marco Túlio Cavalcante Dominici, e o colega da OAB Francisco Reginaldo Duarte Barros foram presos pela polícia nesta quinta-feira acusados de cobrar propina de R$ 800 mil do empresário Savigny Sauaia.

Francisco Duarte e Marco Túlio Dominici

Savigny denunciou a extorsão e a polícia preparou o bote. Marco Túlio e Reginaldo Duarte foram filmados e gravados por uma equipe da Seic (Secretaria Estadual de Investigação Criminal). Foram presos em flagrante com R$ 400 mil, primeira parte do pagamento.

Na verdade, eles não estavam vendendo sentença. Pediram o dinheiro para “desaparecer” com um processo referente ao espólio da família Sauaia de dentro do Tribunal de Justiça. As suspeitas da polícia é que já vinham fazendo isso há um bom tempo.

Muito afável e educado, Marco Túlio é assessor da presidência do TJ desde a gestão Raimundo Cutrim, passando por Jamil Gedeon e permanecendo na atual de Guerreiro Júnior.

Ele é natural de São João Batista e é sobrinho do ex-secretário João Dominici (Infraestrutura), que ficou conhecido por causa do escândalo das “estradas fantasmas” na gestão do parente José Reinaldo Tavares (2002 a 2006).

Muita gente no meio judicial já está se movimentando para soltar os dois advogados, o que mostra a grande influência deles.

Mas o blog estará atento e trará todos os detalhes de possíveis habeas corpus. Vamos passar a noite de olhos bem abertos!

Fonte: BLOG DÉCIO SÁ.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s