O sublime e o grotesco

H. A é um artista plástico. Foi metalúrgico, ativista social e por isto sofreu um processo penal que durou mais de vinte anos, sem um mínimo de prova.

Absolvido pelo Júri, a pior pena foi o peso do processo.

Meu último julgamento do ano. Nesta semana foram quatro perante o Tribunal Popular, o lugar que tanto gosto, onde o grotesto e o sublime coexistem como irmãos. Olha aí eu atacando de poeta.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s