“Vou condenar todo mundo!”

“Senhor Juiz, se eu for escolhida jurada eu não serei imparcial. Vou condenar todo mundo!”.
Um ser humano digno de pena. Eu imagino o tanto que ela sofreu para ter um comportamento assim. Pode ser maldade atávica. Mas quando se manifestam assim é frustração. Eu tenho pena de um ser humano desses.
Pasmem, a promotora recém-empossada, com a voz cândida como a de um torturador disse: “mas poderá ser bom participar de um julgamento…”. Eu quase pedi um copo com sangue à copeira, porque a promotora estava com sede.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s