Na Itália, roubo de comida em casos de pobreza não é crim

O Supremo Tribunal da Itália decidiu que roubo de comida em caso de pobreza e fome não é crime. As informações são do jornal inglês The Telegraph.

A decisão foi tomada a partir do julgamento de Roman Ostriakov, um sem-teto de 36 anos que foi flagrado em 2011 roubando dois pedaços de queijo e um pacote de queijo no valor de 4 euros (aproximadamente R$ 16,30 na cotação atual) de um supermercado em Gênova.

Sem-teto de 36 anos que foi flagrado em 2011 roubando dois pedaços de queijo e um pacote de queijo no valor de 4 euros (aproximadamente R$ 16,30 na cotação atual) de um supermercado em Gênova.
Sem-teto de 36 anos que foi flagrado em 2011 roubando dois pedaços de queijo e um pacote de queijo no valor de 4 euros (aproximadamente R$ 16,30 na cotação atual) de um supermercado em Gênova.

Foto: iStock

Roman foi condenado a seis meses de prisão e multa de 100 euros (R$ 407 reais atualmente), que ele era incapaz de pagar. Somente na segunda tentativa de recurso, os advogados do sem-teto conseguiram a anulação da sentença.

Segundo a decisão do Supremo Tribunal, o roubo de pequenas quantidades de comida numa situação de desespero não é constituída como crime.

A decisão foi recebida com elogios pela imprensa italiana. O jornal La Stampa publicou em editorial que “a decisão do tribunal nos lembra de que em um país civilizado não deve permitir que alguém morra de fome”. O Corriere dela Sera por sua vez apontou como um absurdo que um roubo de quatro euros tenha demorado cinco anos para se resolver.

Terra

compartilhe

comente

  •  
  • comentários
publicidade
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s