Phryne foi absolvida ( ou a acusada que ficou nua diante dos juízes)

 

Phryne (também chamada de Frinéia) viveu no I.V a.C, na Grécia. Ela era uma cortesã, a mulher mais bonita do mundo, os homens de Atenas caíram aos seus pés.  Ela foi acusada de profanar uma deusa: havia dito que ela era tão bonita como a deusa Afrodite.

Veio o  processo. As testemunhas confirmaram o que Phryne tinha dito.  Ela não parecia boa para eles, afinal era uma prostituta. O processo foi desagradável.

Mas, de repente Phryne fez algo inesperado.

Ela se levantou, foi até o meio da sala do tribunal e olhou longamente para seus juízes.

Sua defesa foi perfeita: ela soltou os cabelos e tirou a roupa. Ela ficou nua na frente dos homens.

Os juízes sentados nos bancos de pedra, olhando para essa mulher inteligente e muito bonita.

O veredicto foi unânime: Phryne foi absolvida.

A beleza irá nos salvar – há qualquer verdade nisso.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s